Wildcard SSL Certificates
font-size:75;' color=#ffffff

Inacreditáveis e curiosas
482 registros
  Registros (482)Pessoas (275)Cidades (119)Temas (430)




restelen: 0


Você sabia?Brasilbook.com.br
03/07/1997 (Há 27 anos)
..........

Sorocaba foi a única cidade a processar um “ET”! Um matagal no bairro Vila Helena teria sido palco de uma luta entre o homem e um extraterrestre. O praticante de artes marciais Célio de Lima Baptista registrou o caso no 8º Distrito Policial como lesão corporal causada por um ser de dois metros, magro e com olhos vermelhos. Célio foi assassinado com um tiro, no mesmo bairro, meses depois do ocorrido.






Você sabia?Brasilbook.com.br
02/01/1881 (Há 143 anos)
..........

Um morador de Araçariguama, esteve em Sorocaba para honrar uma promessa que havia feito á sua irmã: libertá-la! Comprando-a pela quantia de i:600$000. Comentava o Jornal Diário de Sorocaba:

Como foi "humano e generoso" este Sr. Leão, recebendo o dinheiro pela liberdade da escravizada que lhe servia fazia 22 anos e lhe fora vendida pelo próprio pai! É bem possível que este senhor ainda lucrou com o negócio. A escravidão endurece de tal modo o coração humano que não só os pais vendem os filhos, como os senhores mão se comovem ante um aro de reparação de um filho à desumanidade e injustiça do pai, fazem por I:600$000.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1641 (Há 383 anos)
..........

No século XVII São Paulo seguiria cheia de gente disposta a trabalhar na prostituição. A Câmara, então, passou a punir prostitutas com a expulsão da vila. Um documento de 1641 diz que duas “mulheres prejudicadas” foram mandadas embora de São Paulo. “No relato, a informação é que ‘Mariana Lopes e Joelma Pereira, apesar de casadas, recebiam homens em suas casas sem a presença dos respectivos maridos’”, afirma o historiador. Sim, eufemismos de toda a sorte para descrever o comércio sexual.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1570 (Há 454 anos)
..........

Os incômodos e primeiros conflitos entre os cidadãos ditos “de bem” e a prostituição já aparecem em atas da Câmara de São Paulo a partir de 1570. Esses documentos apontam que os pontos das “rameiras” da então pequena vila eram nas proximidades das fontes de água. “Mulheres ‘direitas’ não deviam se aproximar desses lugares. Apenas escravos e pessoas que estivessem dispostas a alguma aventura de cunho sexual iam até os chafarizes”, afirma Rezzutti.




Você sabia?Brasilbook.com.br
10/01/1681 (Há 343 anos)
..........

Em 10 de janeiro de 1681 a Câmara de Parnaíba decide demarcar o rocio da vila: “um ribeiro que fica por cima do moinho da vila e subindo por a capoeira deu em um têso que fica por baixo da casa de sobrado que foi de Balthazar Fernandes”. Considerando que, na década de 1950, Luiz Saya (1911-1975) julgou ser setecentista (1700-1800) o casarão que existia no bairro Jardim Sandra, em Sorocaba, estaria em Santa Ana de Parnaíba a estrutura não encontrada em Sorocaba? Ou teria Balthazar dois sobrados?






Você sabia?Brasilbook.com.br
15/08/1618 (Há 406 anos)
..........

Um colar feito de ouro, extraído de terras de São Paulo e remetido a Philippe III, produziu em 1618 o primeiro regimento das minas, assinado em Valladolid a 15 de Agosto de 1618 e registrado em Lisboa a 30 de Janeiro do ano seguinte.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1000 (Há 1024 anos)
..........

Em 28 de abril de 1989 duas urnas funerárias foram encontradas na região de Sorocaba. Os achados teriam entre 1000 e 1500 anos e colocaram em xeque as teorias até então firmadas de que as tribos que habitavam a região de Sorocaba nesse período eram apenas guerreiras e caçadores, sem propensão às atividades artísticas. As datas coincidem com a, ainda não explicada, "diáspora" carijó, vindos da região amazônica para esta região.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1676 (Há 348 anos)
..........

Quando o primeiro osso fossilizado de dinossauro foi encontrado, em meados de 1676, ninguém tinha ideia de que se tratava de um animal pré-histórico. Consideraram então o osso como sendo de um homem gigante mencionado na Bíblia. "Confusão" esclarecida somente em 1815.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1863 (Há 161 anos)
..........

Diz a Revista trimensal do Instituto Histórico, Geográphico e Etnográphico Brasileiro, tomo XXVI (1863)

O Tiété recebe em seu curso na margem direita o Jundiahy (jundiá peixe), o Capivary, o Piracicaba (tem pena do peixe), o Jacaré Pipira, o Pipira (se abre a força), e pela margem esquerda o rio Sorocaba, (Maribondo roto), que tem vários galhos nasce da serra Paranabiacaba (pé de maribondo) e rega a cidade de Sorocaba, antes da sua junção com o Tiété, que banha as cidades de São Paulo, Itú, Porto Feliz, etc.






Você sabia?Brasilbook.com.br
15/01/1590 (Há 434 anos)
..........

Durante um período as atas da Câmara da então vila de São Paulo registram que Afonso Sardinha “está no mar” ou “veio no mar”, quando sabemos que este havia ido ou voltado de Sorocaba. É o caso da ata registrada em 15 de janeiro de 1590. Neste ano Afonso Sardinha começou uma Fábrica de Ferro de dois engenhos para a fundição do ferro, e aço em Biraçoiaba. O motivo é um só: no caminho por terra até Sorocaba estava ocorrendo uma Guerra de Extermínio, desprezada por Historiadores.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1616 (Há 408 anos)
..........

O belíssimo mapa "Brasilia", produzido em 1616 por Petrus Bertius (1565-1629), é o segundo encontrado (até o momento) em que Sorocaba aparece, ainda sob o nome de São Filipe. Entre as curiosidades desta obra está a ausência de São Paulo de Piratininga.






Você sabia?Brasilbook.com.br
04/04/1917 (Há 107 anos)
..........

Durante a Primeira Guerra Mundial, a 3° embarcação brasileira atacada pelos alemães foi o “SS Rio Sorocaba”, em 4 de abril de 1917, cuja carga total, curiosamente de “4,207 toneladas, sendo que 4,600 de açúcar para a França”.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1670 (Há 354 anos)
..........

Curiosamente inexplicável, para Pedro Taques de Almeida Pais Leme (1714-1777), Manuel Cardoso de Abreu (1750-1804), José de Sousa Azevedo Pizarro e Araújo (1753-1830), o Ensaio d´um quadro estatístico da Província de São Paulo de 1838, Milliet de Saint Adolphe em 1845, a Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais em 1858, a Revista trimensal do Instituto Histórico, Geográfico e Etmográfico do Brasil em 1861, Francisco Luiz d´Abreu Medeiros (1820-1864), Alexandre José de Mello de Moares (1816-1882), o Almanak da Provincia de São Paulo para 1873 organizado e publicado por Antonio José Baptista de Luné e Paulo Delfino da Fonseca, e, ainda em 1918 a Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, volumes 20-21:

Sorocaba foi fundada em 1670 por Balthazar Fernandes.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/05/1500 (Há 524 anos)
..........

No dia 23 de abril de 1500 Cabral mandou à terra Nicolau Coelho, quando cerca de 18 íncolas observavam-nos da praia, armados de arcos e flechas, então Coelho “[...] lhes fez sinal que depusessem os arcos; e eles os depuseram [...]
Para o professor Arthur Virmond de Lacerda:
ele gesticulou-lhes; eles compreenderam-lhe a gesticulação e acederam-lhe ao pedido apaziguador. Gestos quaisquer aprendem-se em seu significado. Nenhuma mímica é dotada de significado inerente e prontamente compreensível por quem não a haja previamente aprendido. Seja a expressão romana de positivo (com o polegar estendido e os demais dedos retraídos), seja o abanar a mão espalmada como saudação ou despedida, seja o aplauso ou qualquer outro gesto, ele somente veicula comunicação se entre quem o pratica e quem o observa coincidir a inteligência de seu sentido. Os índios compreenderam a mímica de Nicolau Coelho. Ter-lhe-iam adivinhado o significado ou já o conheciam? Evidentemente conheciam-no: houvera, já, contatos entre portugueses e eles.




Você sabia?Brasilbook.com.br
22/05/1453 (Há 571 anos)
..........

Um eclipse lunar parcial ocorreu em 22 de maio de 1453 e foi visto durante a queda de Constantinopla (a capital do Império Bizantino ), durante um cerco que durou de 5 de abril de 1453 a 29 de maio de 1453, após o qual a cidade caiu para os otomanos. O eclipse lunar foi considerado o cumprimento de uma profecia sobre a queda da cidade. É dito que uma "lua de sangue" ocorreu durante o eclipse.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1610 (Há 414 anos)
..........

Preciosamente informou Jácome Monteiro em sua Relação da província do Brasil, de 1609, dada à publicação no ano seguinte:

Os moradores (de São Paulo) são pela maior parte mamalucos e raros portugueses; e mulheres há só uma, a que chamam Maria Castanha.




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/05/1538 (Há 486 anos)
..........

Juan Bernal Diaz de Luco, do Conselho das Índias espanholas:

"Isto aconteceu pela Divina Providência, pois aqui achamos três cristãos, intérpretes da gente bárbara que falam bem esta língua pelo longo tempo de sua estada. Estes nos referiram que quatro anos antes um nativo, chamado Esiguara (grafado também Etiguara, Origuara, Otiguara), agitado como um profeta por grande espírito, andava por mais de 200 léguas predizendo que em breve haveriam de vir os verdadeiros cristãos irmãos dos discípulos ao apóstolo São Tomé, e haveriam de batizar a todos. Por isto, mandou que os recebessem com amizade e que a ninguém fosse lícito ofendê-los"´.

Estas palavras deixaram os nativos muito impressionados. Esiguara desempenhara o papel de precursor. Em São Francisco, os frades encontraram este campo favorável devido a ele. Esiguara foi um tipo de pregador ambulante servindo-se de linguagem apocalíptica, que tão fundo calava na receptiva alma carijó. O campo estava fertilizado pela sua palavra. Também lhes ensinara entoar hinos e cânticos, através dos quais aprenderam a guardar os mandamentos e a ter uma só mulher de remota consanguinidade.

Quando chegaram os espanhóis, náufragos da expedição de Alonso Cabera, os Carijós julgaram que fossem os irmãos dos discípulos de São Tomé. Receberam-nos com muito amor, levando-os para as suas aldeias, dando-lhes comida e bebida e varrendo os caminhos por onde andavam.

Alguns discípulos de Esiguara receberam os frases com incrível alegria e chegavam a ser chatos, no dizer do Frei Bernardo, com tantos agrados que faziam.

Continua o frade:

"Tão grande é o número de batizados quase nada podemos fazer afora deste ministério. Nem para dormir ou comer há quase tempo. De boa vontade casam com uma só mulher e os que estavam acostumados a ter mais de uma, separam-se das outras. Os velhos, dos quais alguns tem mais de 100 anos, recebem com mais fervor a fé, e o que de nós aprendem, comunicam-no publicamente aos outros".

Frei Bernardo de Armenta viu que sozinho não daria conta do ministério. Entusiasmado, pediu que fossem enviados pelo menos 12 confrades de vida apostólica das Províncias de Andaluzia e dos Anjos, conforme escreveu ao Dr. Juan de Bernal Diaz de Luco:"São tão grandes as maravilhas que Nosso Senhor realiza entre eles que não saberia contar, nem haveria papel suficiente para descrevê-las. Portanto, em nome daquele amor que Jesus Cristo teve pelo gênero humano em querer-nos redimir na preciosa árvore da Cruz, pois toda a sua obra foi para salvar e redimir almas, e aqui temos tão grande tesouro delas, peço que V. Mercê assuma esta empresa como sua e fale a S. Majestade e a esses senhores do Conselho, para que favoreçam tão santa obra, e o favor será que nos enviem 12 frades de nossa Ordem de São Francisco, que sejam acolhidos, e que S. M. os peça na Província de Andaluzia e na dos Anjos. E encarregue S. M. aos provinciais destas Províncias que enviem frades como Apóstolos. E, além disso, que S. M. envie um feitor seu que traga trabalhadores que não tenham ofício de conquistadores."

Este último pedido é indicativo do projeto evangelizados de Bernardo de Armenta e Alonso Lebrón: pedem lavradores que não sejam conquistadores, e missionários que não acompanhem a Conquista. Conforme anotaremos depois, os dois frades tinham muito claro que o anúncio do Evangelho não podia se resumir a um apêndice da obra conquistadora, incapaz de se livrar da violência e da morte.

Estavam convencidos, igualmente, de que o trabalho apostólico ultrapassava a fronteira nitidamente religiosa e se deveria fazer muito para a promoção do nativo:

"Venham também muitos camponeses com perito chefe agricultor, que mais proveitosos são do que os soldados, porque estes nativos devem ser convencidos pelo amor, não pelo ferro".

Dá importância às ferramentas, às espécimes de gado, ovelhas, sementes de cana-de-açúcar, algodão, trigo, cevada e todas as qualidades de frutas, sem esquecer de contratar também mestres de açúcar, para montar engenhos. Inclui também artistas.

Os lavradores que chegassem a São Francisco ou à Ilha de Santa Catarina deveriam estabelecer estreita colaboração com os nativos, que poderiam ajudá-los a plantar canaviais e lavrar as roças. A este projeto missionário deu o nome de "Província de Jesus".

Podemos afirmar que, de um lado, Frei Bernardo de Armenta possuía entusiástico espírito apostólico e se achegou ao nativo sem preconceito, alimentado pelo amor e não pelo interesse; por outro lado, não escapou do projeto colonizador, ao pedir que chegasse agricultores andalusos para trabalhar as terras, das quais fatalmente os carijós passariam a ser servos, deixando de ser donos.

Tal entusiamo fez com que o chefe da expedição temesse perder os frases. Por isso, proibiu-os de saírem da embarcação, o que não amedrontou a Armenta e Lebrón, que ameaçaram Cabrera de excomunhão por violar a liberdade eclesiástica, o Direito Canônico e os privilégios franciscanos, pois não tinha autoridade sobre eles, que não foram enviados pelo Rei e nem socorridos pela sua Fazenda.

Quanto a eles, permaneceram no território catarinense, enquanto seus companheiros foram para o Rio da Prata. Então desceram ao sul, fundando uma missão entre os nativos carijós na região chamada Mbiaça (Laguna). Percorreram o litoral catarinense num raio de 80 léguas. [Páginas 60, 61 e 62, 2, 3 e 4 do pdf]

4.2 - O Mito do Pai Sumé

Em sua carta a Juan Bernal Diaz de Luco, a 1° de maio de 1538, Bernardo de Armenta fala que Esiguara anunciava a seu povo que após ele "viriam os verdadeiros discípulos de São Tomé"."

Isto que dizer que já estava vivo no meio carijó o mito Apóstolo Tomé que teria estado na América e anunciado a Evangelização posterior. Estamos diante de um mito cujo desenvolvimento supõe o encontro de três tradições: a dos primeiros cristãos americanos, a dos primeiros frades e a dos jesuítas.

Os primeiros cristãos que chegaram à América devem ter utilizado o mito para convencer os nativos a aceitarem o Evangelho. No Paraguai, Perú, Bolívia já se tinha implantado o mito. Com a chegada de Frei Bernardo de Armenta e Alonso Lebrón, os nativos devem ter fundido neles a imagem mítica de São Tomé nas Américas.

Os frades entendiam sua missão não como um trabalho estável, mas como preparação para a chegada de outros evangelizados, o que de fato ocorreu em 1539, com a chegada de seis franciscanos ao Rio da Prata. Isto confirmou as palavras que se colocavam na boca de São Tomé:

"Chegaram outros sacerdotes em suas terras, e que alguns virão apenas rapidamente, pera logo retornar, mas que os outros sacerdotes, que chegarão com cruzes nas mãos, esses serão seus verdadeiros padres, e ficarão sempre com eles, os farão descer até o rio Paranapané, aonde farão duas grandes reduções, uma na boca do Pirapó e outra no Itamaracá".

São exatamente os dos locais onde, naquele tempo, os jesuítas organizaram as reduções de Loreto e Santo Inácio. Neste momento já estamos diante da terceira tradição: a dos Jesuítas, que identificaram o mito do Pai Sumé (São Tomé) com os frades, com ele buscando legitimidade histórica e religiosa para seu trabalho.

Pai Sumé é o enviado de Deus que prepara seu caminho, que prega a Boa-Nova, que anuncia o estabelecimento definitivo do Cristianismo. Neste sentido, Lebrón e Armenta, andarilhos por Mbiaça, Itapocu, Campo, Ubay e Pequiri, formam um mito metade realidade, metade idealidade. [Página 64, 6 do pdf]




Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1513 (Há 511 anos)
..........

O Mapa de Piri Reis, almirante, geógrafo e cartógrafo otomano em Constantinopla, traz o que pode ser a mais antiga menção cartográfica conhecida do nome “Rio de Janeiro”, que aparece como “Sano Saneyro”. Inclui ainda um breve relato do descobrimento do Brasil. Curiosamente, nessa versão, foi uma tempestade, e não uma calmaria, que desviou Cabral do Caminho das Índias.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/01/1863 (Há 161 anos)
..........

Ainda em 1863 afirmava a Revista trimensal do Instituto Histórico, Geográphico e Etnográphico Brasileiro que "a vinda do Apóstolo São Thomé á estas partes da América, e principalmente ao Brasil e ás regiões do Paraguay, está baseada em tais fundamentos, que d´ela não se pode duvidar."






Você sabia?Brasilbook.com.br
29/03/1902 (Há 122 anos)
..........

Em Limeira/SP Por ocasião da chuva que caiu nesta cidade notou-se o extraordinário fenômeno de uma perfeita chuva de sangue. O fenômeno foi observado em um arrabalde da cidade, tendo ficado as calçadas manchadas por muito tempo com um liquido semelhante a sangue. O fato foi observado por muitas pessoas e foi nos narrado por um cavalheiro que nos merece inteira confiança.




Você sabia?Brasilbook.com.br
14/05/1929 (Há 95 anos)
..........

Em 1929, na cidade de Sorocaba, um dos mendigos "ricos", falecido, deixou várias propriedade, inclusive uma chácara. Outro que perambulava pela cidade empresta dinheiro a juros.






Você sabia?Brasilbook.com.br
25/07/1871 (Há 153 anos)
..........

O dia 28 de julho de 1871 amanheceu belíssimo em Sorocaba, recordando aos Europeus aqui existentes, cenas do mundo velho, pois a neve de que estava literalmente coberta a cidade tinha pelos menos dois dedos de espessura. Se o nosso clima continuasse a arrefecer por este gosto poderiam os moradores nutrir a esperança de ainda patinar e correr em zorrar por Sorocaba e lagoas adjacentes.






Você sabia?Brasilbook.com.br
01/05/1538 (Há 486 anos)
..........

Em 1538... aconteceu pela Divina Providência, pois aqui achamos três cristãos, intérpretes da gente bárbara que falam bem esta língua pelo longo tempo de sua estada. Estes nos referiram que quatro anos antes um nativo, chamado Esiguara (grafado também Etiguara, Origuara, Otiguara), agitado como um profeta por grande espírito, andava por mais de 200 léguas predizendo que em breve haveriam de vir os verdadeiros cristãos irmãos dos discípulos ao apóstolo São Tomé, e haveriam de batizar a todos. Por isto, mandou que os recebessem com amizade e que a ninguém fosse lícito ofendê-los.




Procurar



Hoje na História


Brasilbook.com.br
Desde 27/08/2017
28375 registros (15,54% da meta)
2243 personagens
1070 temas
640 cidades

Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Contato: (15) 99706.2000 Sorocaba/SP