200820092010 201220132014
Matérias  Cidades/Imagens  Eventos  Rede Social






A ligação entre as mortes na Vila Santana, Helena, Iguatemi e Aparecidinha
Autor: Nilza Alencar
Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011
Última atualização: 15/12/2020 23:47:27



No dia 23 de janeiro de 2010 três jovens foram mortos por ouvirem “música errada”, segundo o Jornal Cruzeiro do Sul.

De acordo com informações do delegado seccional de Sorocaba, André Moron, e do delegado da DIG, José Humberto Urban Filho, as investigações tiveram início logo após o triplo homicídio.

Os corpos de Marcelo Aparecido da Silva, 26 anos, William Júnior da Silva, de 23, e Jonathan Wesley da Silva, de 19, foram achados às 3h40 por policiais militares.

Galeria de imagens
Vla Helena
12 imagens


Todas as vítimas foram mortas a bala. D.A.S., 23 anos, foi encontrado correndo pela avenida Ipanema, baleado no braço, e foi socorrido.

Disparos de arma de fogo foram ouvidos na rua Belo Horizonte. Jonathan estava dentro de um carro Passat Village, e já estava morto, bem como seu irmão, William, caído na via, ao lado do carro, que estava com a porta aberta.

Distantes cerca de 50 metros do veículo, estava Marcelo, também morto. Outras viaturas policiais em diligências pelo lugar encontraram D. correndo pela avenida Ipanema.



Jovens foram mortos por ouvirem “música errada”
Data: 9 de Abril de 2010
Acervo/Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul
Vila Helena

“Nego” estava escondido na Vila Helena. Ele pertence à facção criminosa CRBC. Segundo os delegados, ele saiu de madrugada de onde estava para espairecer um pouco.

Por acaso, encontrou o Passat dos rapazes, que ouviam no aparelho de som uma música de rap que fazia apologia ao PCC, outra facção criminosa, arqui-inimiga do CRBC. Temeroso de que pudesse estar sendo visado para morrer, armou-se e executou os jovens.

A execução foi feita por “Nego” e outro bandido, que ainda não foi identificado. As vítimas não tinham passagem pela polícia.

Ver mais
Assassinatos “sorocabanos”
74 registros

Com a idéia fixa na cabeça de que estava sendo marcado para morrer pelo PCC, e nutrindo muito ódio pela facção, no dia 12 de março, “Nego” continuou os ataques.

O empresário Emerson Cândido Martins, 36 anos, e o pintor Adriano Aparecido dos Santos, de 25, foram executados na rua Borba Gato, Vila Santana, às 22h50

Eles receberam vários tiros de calibre .12, principalmente no peito e rosto. Emerson estava com várias perfurações no tórax e rosto, e Adriano com o tórax bastante lesionado, os órgãos internos à mostra, e a mão dilacerada.

Neste caso, o alvo era o pintor Adriano, vulgo “Cazuza”, com passagens pela polícia. Ele era “simpatizante” do PCC, e já teria atentado contra “Tago”. Este, “Nego”, e “Pastel” foram os executores.

Galeria de imagens
Vila Santana
231 imagens


No dia 2 de Abril de 2010 três pessoas foram mortas baleadas na noite de sexta-feira no largo Antonio Jose da Silva, no bairro Aparecidinha, em Sorocaba (SP).

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmam que dois homens em um carro efetuaram os disparos contra as vítimas e fugiram.

De acordo com a corporação, foram mortos Giovani Aparecido Pontes de Araújo, Karen Ramos Gomes e Humberto Cândido Rodrigues da Silva, o Japão, que tem passagens na polícia por tráfico de drogas e roubo.

Galeria de imagens
Bairro Aparecidinha
77 imagens


Ainda segundo a PM, Giovani morreu no local e Karen e Japão foram levados a um hospital, mas os médicos constataram morte cerebral da mulher e o homem não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A polícia afirma que testemunhas identificaram um dos autores dos disparos como um homem conhecido como Chaparral. No local do crime, policiais encontraram cápsulas de espingarda e de pistola.

No dia 5 de julho de 2011, Bruno Diniz Toregiani, 23 anos, vulgo “Pastel”, foi baleado e morto no Retiro São João, na noite de terça-feira, 5 de julho deste ano. O caso do homicídio ficou a cargo da Delegacia de Investigações Gerais – DIG de Sorocaba, que o solucionou.



Autor da chacina (2011)
Acervo/Fonte: Diário de Sorocaba
Foi assassinado brutalmente semanas depois

Os autores foram quatro pessoas – uma delas mandante. O sangue corre na cidade em brigas destas duas facções criminosas que o governo estadual insiste em negar que existam – o Primeiro Comando da Capital – PCC e o Comando Revolucionário Brasileiro da Criminalidade – CRBC.

Segundo informações da polícia, por volta das 19 horas, Bruno estava na rua Pedro Wurschig, 134, quando foi vítima dos tiros. O criminoso estava solto por força das novas leis da Justiça.



Éder Ferreira Dos Santos
Data: 11 de Julho de 2011
Acervo/Fonte: Polícia Civil de Sorocaba

Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Regional, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. “Pastel” foi preso em abril do ano passado junto com outros dois assassinos pela chacina ocorrida no começo de 2010 na Vila Helena, quando três jovens foram executados por engano pelo trio de homicidas, e por um duplo homicídio na Vila Santana.

Sua morte foi aceita com as ordens de Silas Vieira da Silva, um dos que comandam o PCC na cidade. Os autores dos tiros foram Anderson Roberto Jacinto Rosa, vulgo ‘Teco’, Ederson Ferreira dos Santos, vulgo ‘Éder’ e Tiago de Oliveira Dias, vulgo ‘Corvo’.

O ‘cavalo’ – homem responsável por dirigir o veículo de fuga foi Fernando Regis da Silva Cafundó, vulgo ‘Nando’. Todos estão no inquérito policial que a DIG está produzindo sobre o homicídio de ‘Pastel’.



Anderson Jacinto Rosa, O Teco
Data: 5 de Junho de 2011
Acervo/Fonte: Polícia Civil de Sorocaba

O chefão Silas é irmão de “Jiló”, criminoso morto na Bahia junto com mais 10 pessoas. Ele foi o autor do assassinato do fuzileiro naval em uma boate de Sorocaba, em março de 2010

Temas relacionados
Assassinatos
Assassinatos “sorocabanos”
Eventos que marcaram Sorocaba
Galerias de imagens
Vila Santana
231 imagens
Vla Helena
12 imagens
Bairro Aparecidinha
77 imagens
select * from materias where data like '%/2011' order by atualizacao desc
11 de Novembro de 2011
A ligação entre as mortes na Vila Santana, Helena, Iguatemi e Aparecidinha
11 de Janeiro de 2011
Testamentos que mudam a história


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine