Dois sorocabanos foram os primeiros a “invadir” o Paraguai durante a guerra
Quinta-feira, 5 de Abril de 1866
Última atualização: 15/11/2020 22:03:10

Dos cem sorocabanos que se alistaram como voluntários na Guerra do Paraguai, dois deles foram, João Cordeiro e Frederico Grohman, foram os primeiros a atravessar o Rio Paraná, fronteira entre os países, pondo os pés no território inimigo.

Os voluntários de Sorocaba se alistaram no Sétimo Batalhão de São Paulo. João Cordeiro e Frederico Grohman morrem em 1866 durante o Combate da Ilha da Redenção.

O Combate da Ilha da Redenção, também chamada de Banco de Itapiru, Banco Purutué, Ilha Carayá, Ilha de Carvalho, Ilha do Cabrita ou Ilha da Vitória, ocorreu no dia 10 de abril de 1866.



Combate da Ilha da Redenção (1866)
Guerra do Paraguai
Jules Gaildrau - L´illustration: journal universel, Vol. XLVII, nº 1.215 (09/06/1866)
Guerra do Paraguai

Quase no meio do Rio Paraná, fronteira ao forte de Itapiru, existia uma ilha, na verdade um banco de areia, coberta por vasto capinzal, que mais tarde seria denominada Ilha da Redenção, Ilha de Carvalho ou Ilha do Cabrita.

O Exército brasileiro decidiu ocupar a ilha, importante pela sua posição em relação ao referido forte e ao acampamento inimigo, para servir de ponto de apoio contra os paraguaios.

No dia 05 de abril de 1866, o Tenente-Coronel de engenheiros José Carlos de Carvalho recebeu ordens de embarcar uma bateria La Hitte de 12 e outra de 4 morteiros de 10 polegadas, além do material correspondente para cobri-las.

A guarnição da ilha, composta das referidas baterias, de 100 praças do Batalhão de Engenheiros, e dos batalhões de infantaria 7º de Voluntários da Pátria e 14º de linha, era comandada pelo Tenente-coronel João Carlos Villagran Cabrita.

As 4 horas da madrugada de 10 de abril de 1866, uma força paraguaia desembarcou na ilha tentando desalojar as tropas brasileiras de sua posição. Foram entretanto rechaçados com grandes perdas e retiraram-se sob o fogo da esquadra brasileira, que, por sua vez, se viu forçada a retirar diante do fogo do Forte de Itapiru.

O Coronel Villagran Cabrita foi morto por uma bomba disparada do Forte de Itapiru quando, a bordo de uma chata que continha munições para a guarnição da ilha, ditava a parte da vitória. Seu nome foi dado à ilha.

Temas relacionados
Guerra do Paraguai
“Sorocabanos” históricos
Galerias de imagens
“Sorocabanos” históricos
185 imagens
Guerra do Paraguai
0 imagens

testeselect * from materias where id = 60
1 de Janeiro de 1980
Chacará dos Padres
18 de Dezembro de 2020
Onde Foram Parar os TRENS do Brasil? Por Que o Brasil não tem Trens?
1 de Janeiro de 2021
Esclarecimentos sobre a Casa dos Padres
1 de Janeiro de 1900
A ESTRADA DOS PROTESTANTES E OS PRIMEIROS PRESBITERIANOS EM VOTORANTIM
1 de Janeiro de 1900
Praça 9 de Julho, Largo de Pito Aceso e outras histórias
18 de Fevereiro de 1981
Sobre o rompimento do "tancão" da vila Barão/Nova Esperança
10 de Fevereiro de 2021
O mistério da Casa dos Padres, que assombrou gerações em Sorocaba e Votorantim
12 de Agosto de 2017
Documentário mostra "descoberta" de um marco oculto de Sorocaba
24 de Outubro de 2020
E não é que Sorocaba quase teve seu Cristo Redentor? Conheça um pouco dessa história
6 de Fevereiro de 1854
Primeira escola começou com 26 alunos. Destaque p/ os Mascarenhas


Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine