Um pouco sobre a Avenida São Paulo, antiga Rua da Contagem
Autor: Nilza Alencar
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020
Última atualização: 27/12/2020 07:59:56



A atual Avenida São Paulo já foi chamada de Rua da Contagem.Em 1724 João Luís do Passo e sua mulher Luzia de Abreu, venderam por 50.000 réis a João Correia de Oliveira uma casa de taipa e coberta de palha da outra banda do rio de Sorocaba para uma rua deserta, pela mão direita, tudo que se acha da borda do rio Grande para baixo até o ribeirão de Taquarivaí.


Antiga Rua da Contagem (1920)
Acervo/Fonte: Diogo Navarro
Atual Avenida São Paulo

A atual avenida, era também chamada de estrada de Itú, era uma rua deserta, com uma só casa.

Em 1770 e poucos, João de Almeida Pedroso aforou da Câmara por 120-réis anuais um terreno grande que começava na casa dos Barros Lima e se limitava pela rua São Paulo e a estrada de Votorantim e assim ficou parado todo o bairro de Além-Ponte, menos a estrada e rua da Contagem ou de São Paulo que chegou até perto do Lava-Pés até o fim do século XVIII, como eram prova muitas construções de grossas taipas.


Avenida São Paulo (1912)
Acervo/Fonte: Museu Histórico Sorocabano
Santa Casa da Misericórdia á esquerda

Em 1835 o Ponto de parada das tropas, na atual avenida São Paulo, foi regulamentado por lei municipal. O monumento ao tropeiro está localizado ali. Em 1839, na margem direita do rio Sorocaba, existia somente a Rua São Paulo que posteriormente foi ligada a Rua dos Morros, pela Rua Boa Morte.


Avenida São Paulo (1923)
Acervo/Fonte: Osvaldo de Souza Filho / MHS
Córrego Lavapés. Vê-se a torre da Igreja Matriz

O matadouro, que ficava bem perto da estação, em 1874, começou a ser mudado para o outro lado do rio, atual rua Pedro José Senger, partindo da atual avenida São Paulo.

Seria construído um rancho provisório na frente ao aterrado do Lava-Pés, com o córrego dêste nome passando pelo meio. Essa foi a resolução, porém depois tiraram diretamente um rego de água do Tanque do Buava, do mesmo córrego, e que ficava mais abaixo do atual Quinzinho de Barros.

Galeria de imagens
Santa Casa da Misericórdia
32 imagens

Luís Filipe Maria Fernando Gastão, o conde d`Eu, visita Sorocaba em 19 de outubro de 1874 Era segunda-feira, acompanhado pelo Conde du Barral e pelo engenheiro Dr. Raposo foram recebidos na "Árvore Grande", atual avenida São Paulo.

Conde D´Eu
Luís Filipe Maria Fernando Gastão
28 de Abril de 1842
28 de Agosto de 1922

Família Real

Entre as pessoas que receberam as autoridades estavam: Dr. Guimarães, Dr. Piza, Dr. Ferreira, Cel. Fleury, tenente-coronel Prestes, major Mursa, major Gutierres.

Joaquim de Sousa Mursa
28 de Agosto de 1922
21 de Outubro de 1893

Sorocabano Histórico, Governador de SP

Roberto Dias Baptista, José Leite Penteado, José Teixeira Cavalleiro, Dr. Scorrar, Dr. Adames, Barão de Mogi-Mirim, Paulo Berla, Antonio Joaquim Dias, Manoel Nogueira Padilha, João de Almeida Lima, capitão Xavier de Araújo.

Roberto Dias Baptista
13 de Julho de 1885

Sorocabano Histórico, Maçom, Mais ricos

Antonio Martins de Oliveira, tenente Manoel Boaventura de Oliveira.

Neste mesmo ano, dia 27 de outubro, o município de Sorocaba doou um terreno a igreja de Santo Antônio, localizado na atual na avenida São Paulo.

Em 25 de Fevereiro de 1896 o Estado comprou a chácara onde seria a Santa Casa da Misericórdia. Localizado no alto da então estrada de São Paulo, de propriedade da viúva Ana Loureiro de Almeida que possuía um casarão, era cercada por muros de taipa e tinha terras férteis.


Hospital dos Alienados (1898)
Acervo/Fonte: Osvaldo De Souza Filho
Atual Santa Casa da Misericórdia

No dia 15 de julho de 1950 um semáforo foi instalado na entrada da rua 15 de Novembro, à direita de quem acessa a ponte, atual Francisco Dellosso. No extremo oposto, outro sinal acabou colocado na avenida São Paulo.

Ambos os aparelhos foram acionados pelo bispo diocesano de Sorocaba, Dom José Carlos de Aguirre. Estava presente José Ermírio de Moraes, representante do Grupo Votorantim, empresa responsável pela doação dos três aparelhos.

José Carlos de Aguirre
Dom Aguirre
28 de Abril de 1880

Maçom, Sorocabano Histórico


Temas relacionados
Conde D´Eu
Luís Filipe Maria Fernando Gastão
1842 - 1922
Joaquim de Sousa Mursa
1828 - 1893
Manuel Claudiano de Oliveira
1º Barão de Mogi-Mirim
1794 - 1887
“Sorocabanos” históricos
Roberto Dias Baptista
1811 - 1885
José Carlos de Aguirre
Dom Aguirre
1880 - 1973
Galerias de imagens
Avenida São Paulo
160 imagens
A Árvore Grande
25 imagens
Santa Casa da Misericórdia
32 imagens
Família Real
11
471
49
41
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Sorocabanos Históricos
71
1092
80
83
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Governadores de SP
23
328
45
56
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Maçons brasileiros
74
1380
110
81
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Mais ricos do Brasil
24
364
36
54
BiografiasRegistrosCidadesTemas


testeselect * from materias where id = 95
1 de Janeiro de 1980
Chacará dos Padres
18 de Dezembro de 2020
Onde Foram Parar os TRENS do Brasil? Por Que o Brasil não tem Trens?
1 de Janeiro de 2021
Esclarecimentos sobre a Casa dos Padres
1 de Janeiro de 1900
A ESTRADA DOS PROTESTANTES E OS PRIMEIROS PRESBITERIANOS EM VOTORANTIM
1 de Janeiro de 1900
Praça 9 de Julho, Largo de Pito Aceso e outras histórias


Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine