Adriano Koboyama
Álbum    Biografias    Galerias    Memórias    Temas  
AtualizaçãoComentáriosMemórias




Adriano Koboyama
Atualizado 17/02/2021 03:31:23

Nem sempre os canhões estiveram na Praça Arthur Fajardo. Na verdade eram 3. Em 1842, 200 moendas de cana de açúcar foram fundidas para a produção de 3 canhões na Fazenda Ipanema. Segundo o historiador Afonso Celso de Oliveira, estavam três canhões fincados no chão, com a boca enterrada, na atual praça Frei Baraúna, remanescentes da Revolução Liberal de 1842. O local era um grande campo onde, no canto próximo à Rua Cesário Mota, . No dia 5 de setembro de 1864, o Frei Baraúna doou o terreno à cidade onde hoje se localiza a praça que leva o seu nome. Dois deles transferidos para a Praça Arthur Fajardo e o terceiro, mais completo, levado para o Museu Paulista da USP, conhecido popularmente como Museu do Ipiranga. Em 23 de setembro de 1930, uma terça-feira, o Jornal Cruzeiro do Sul noticiou que os famosos canhões seriam colocados na praça Dr. Fajardo.



Praça Arthur Fajardo*
Acervo/foto/fonte: Wilson Fernandes / Lembranças Sorocabanas
Data: Desconhecida


Projeto “Registrando Memórias”

Celio Hermelindo Do Monte22/12/2020 00:20:25
Sobre as Preguiças da Praça Arthur Fajardo: Meus pais vieram para Sorocaba em 1.945 e deste ano até 1.948 fica...
Adriano Koboyama
Nem sempre os canhões estiveram na Praça Arthur Fajardo. Na verdade eram 3.Em 1842, 200 moendas de cana de a...


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine