Luis Matheus Maylasky: “a única recompensa que se deve aos bons e leais servidores: a ingratidão e a difamação”
Domingo, 16 de Maio de 1880
Última atualização: 19/01/2021 05:45:43



Há exatos 145 anos, dia 19 de Janeiro de 1876, uma quarta-feira, Francisco de Paula Mayrink,então com 37 anos de idade é eleito diretor da E.F.S. Predestinado para assuntos financeiros, daí começou a sua marcha ascencional que o colocou em posição de relevo entre os grandes financistas da época.

Três anos depois, em 15 de maio de 1880 ele assumiu a diretoria da Estrada de Ferro Sorocaba, sucedendo Luís Mateus Maylasky que fora demitido e acusou seu predecessor de gestão ilegal.No dia seguinte, Maylasky, em sua defesa, pública sua reposta no Correio Paulistano:

"Não sei se venho contestar um parecer de uma comissão de contas, ou si contrariar um libelo, como foi denominado o trabalho apresentado pelos Srs. Mayrink, Klingelhoefer e Caymary!

Basta considerar que semelhante parecer foi qualidade libello por aqueles senhores para que se os considere suspeitos e excessivamente apaixonados. Deixando porém de parte questões de palavra quando se tratar de questões de fatos, vou com a precisa calma considerar as arguições que me dirigiram na assembléia geral dos acionistas publicadas na Província de ontem.Primeira arguição:Contesto a procedência desta arguição, pois que, o balanço a que ela se refere, não pode deixar de estar de acordo com o livro Diário da companhia, quando o guarda livros não podia organiza-lo senão em face do mesmo livro.Segunda: Nunca consitui-me devedor, ao Banco Alemão, da quantia de 1.6000 contos, e a operação de crédito, realizado com o mesmo banco, fora feita com autorização expressa da companhia.

Terceira: Sempre existiu a conta de movimento entre mim e a companhia sem interesse algum de juros, fornecendo eu é mesma companhia,, por vezes, somas avultadas, como constam dos livros da companhia e enquanto não forem prestadas as contas de 31 de Dezembro ultimo até esta data não podem saber onde está o débito ou crédito; a cuja prestação de contas não me recusei e nem me recuso presta-las á comissão que for legitimamente eleita pelos acionistas, na forma dos estatutos.

Quarta:A divida dr rs. 96.000$000 a que se referem como paga por mim com títulos pertencentes á companhia o fôra com autorização expressa e unanime dos acionistas em assembléia geral, e sob proposta da comissão de contas, e como conhecem a casa que recebeu o pagamento, podem dela informar-se, se o m esmo pagamento foi feito por minha conta particular ou da companhia. Estranho apenas que citem os fatos e ocultem os nomes das pessoas quem neles intervieram.Quinta:Enquanto não forem prestadas as contas do semestre corrente, como acima já disse em relação á 3a. arguição, os meus acusadores, não podem em seu libello articular o fato de subtração das debeatures, quanto estes títulos estavam sujeitos a operações de crédito.Sexto:A transação, e não alienação, de debentures na importância nominal de rs. 370.000$000, foi legalmente feita com a extinta firma Mayslaky & Ribeiro, como melhor informará o sucessor da mesma firma, o honrado dr. João Ribeiro da Silva.Sétima:Todas as debentures emitidas para pagamento dos credores da companhia foram em 1878 e sucessivamente entregues a credores que as reclamaram quando havia motivos especiais para que não fossem entregues, sendo que o lançamento na escrituração, fora feito a disposição.Oitava:A única emissão de debentures a 85% foi feita ao credor de 95 contos, a que se referem na 4a. arguição.Nona:Os juros recebidos dos cofres desta província foram imediatamente entres aos banqueiros da companhia e estes forneceram fundos precisos para o pagamento, de 1o. de março, dos juros de debentures de propriedade de terceiros, e bem assim para o de 30 de março que efetuou-se dias depois por circunstancias imprevistas e supervenientes, que em nada prejudicaram o crédito da companhia.Décima:O contrato para o prolongamento da linha, além do Ipanema, não foi fito com um empregado da companhia, e asseguro que o fiz de acordo com os meus próprios acusadores.Se pois é falso e com ele eu quis ocultas minhas fraudes nisto acordaram os autores do libelo a que respondo.11esta acusação de libello dirigida ao sr. José Antônio Coelho foi por ele contestada , não querendo a assembléia receber o seu protesto. Limito--me pois a esperar sua defesa, que será a minha própria.Décima segundaNunca exerci emprego de confiança da companhia e nem direta ou indiretamente tive interesse ou algum contrato com ela. Nos meus fornecimentos ou adiantamentos de dinheiro nunca tive em vista especulação e por isso nunca percebi juros, se bem que a casa bancaria da qual fazia parte os pudesse receber. Não me considero sujeito a disposição do artigo 8o. dos estatutos e por isso me julgo destituído do cargo de presidente da mesma companhia.Protesto, pois, contra os fatos que se deram na reunião dos acionistas, de ontem, e oportunamente farei a minha reclamação. Se não compareci á mesma reunião tive para isso duas razões:: primeira: a comissão de contas não tinha se reunido e portanto não elaborado o seu parecer; segundo: porque só em vista do mesmo parecer eu poderia resignar o cargo de presidente da companhia, que resignarei logo que as mesma contas sejam devidamente tomadas por uma comissão eleita na forma dos estatutos, como pedi no oficio que dirigi á assembléia geral dos acionistas.

Agora, na qualidade de presidente da companhia sorocabana, o único por seus esforços levou a efeito a estrada respectiva e que não obstante os maiores sacrifícios a tem conservado até aqui, vencendo as dificuldades conhecidas, fico esperando a unica recompensa que se deve aos bons e leais servidores: a ingratidão e a difamação.

Temas relacionados
Luiz Matheus Maylasky
42 anos
Francisco de Paula Mayrink
41 anos
Galerias de imagens
Mais ricos do Brasil
58 imagens
Estrada de Ferro Sorocabana (E.F.S.)
85 imagens
“Sorocabanos” históricos
280 imagens
“Sorocabanos” históricos
73
1092
80
83
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Mais ricos do Brasil
24
364
36
54
BiografiasRegistrosCidadesTemas


testeselect * from materias where id = 136
1 de Janeiro de 2002
Os soldados brasileiros de Hitler: centenas lutaram ao lado dos nazistas
4 de Abril de 1977
A estranha cronologia do caso "Celso Daniel"
1 de Dezembro de 2020
Cinco maiores roubos da história do Brasil e do mundo
7 de Maio de 1915
Frederick Stark: Engenheiro, especialista em represas e bondes foi morto num ataque alemão
5 de Maio de 1852
"Amante não tem lar; Amante nunca vai casar"
1 de Janeiro de 1980
Chacará dos Padres
18 de Dezembro de 2020
Onde Foram Parar os TRENS do Brasil? Por Que o Brasil não tem Trens?
1 de Janeiro de 2021
Esclarecimentos sobre a Casa dos Padres
1 de Janeiro de 1900
A ESTRADA DOS PROTESTANTES E OS PRIMEIROS PRESBITERIANOS EM VOTORANTIM
1 de Janeiro de 1900
Praça 9 de Julho, Largo de Pito Aceso e outras histórias


Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine