Assassinato do radialista Antônio Carlos Comitre
Fonte: Acervo Cruzeiro do Sul
Segunda-feira, 14 de Maio de 1990
Última atualização: 17/12/2020 04:26:21



Avenida Antônio Carlos Comitre, bairro Campolim, umas das mais conhecidas e valorizadas da cidade, homenagem permanente ao radialista assassinado em 1990. Antes essa avenida se chamava Estrada do Quiló.

Galeria de imagens
Parque Campolim
43 imagens


Eram 21h30 quando o radialista Antônio Carlos Comitre, então com 39 anos, parou com seu Monza em frente à EEPSG Brigadeiro Tobias, no bairro de mesmo nome. Ele aguardava a sua esposa, Elisabete V. Comitre.

Mas antes que Elisabete chegasse ao encontro do marido, ele foi morto com nove tiros disparados por Elionai Peres da Silva, 19 anos, e Antônio Marcos de Oliveira, 18 anos, que tinham por hábito frequentar os arredores da escola em bandos armados.


Assassinato do radialista Antônio Carlos Comitre
Data: 15 de Maio de 1990
Acervo/Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul
EEPSG Brigadeiro Tobias

Galeria de imagens
Escolas em Sorocaba
240 imagens


Revoltados com a falta de policiamento denunciada várias vezes, professores e funcionários resolveram fechar a escola.

O enterro do radialista, conhecido como Caio, foi marcado por revolta e indignação, tanto por parte dos familiares como pela classe do professorado.

Alunos, pais de alunos, professores e funcionários da escola e das Delegacias de Ensino compareceram ontem no velório do radialista para criticar a falta de segurança nas escolas.

Galeria de imagens
Bairro de Brigadeiro Tobias
8 imagens


Enquanto isso, no 7o. Distrito de Polícia de Brigadeiro Tobias, a equipe que esclareceu o caso um dias antes, comemorava eufórica, dando entrevistas pelas rádios da cidade.

A captura dos três dos quatro envolvidos foi possível devido ao apoio da equipe de homicídios da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O crime

Enquanto o radialista esparava a esposa, Roberto Campos, encostou-se no seu carro para conversar com suas colegas. Caio não teria gostado e pediu para Roberto desencostar do veículo.

Roberto também não gostou e começou um bate boca. Roberto contou à Polícia que durante a discussão, o radialista pegou uma arma e atirou para o ar, para assustá-lo. Roberto e as colegas teriam fugido correndo.

Ver mais
Assassinatos “sorocabanos”
74 registros

Percebendo que no interior do Monza havia um homem armado, Elionai e Antônio Marcos aproximaram-se do veículo e dispararam nove tiros. Antônio que teria ficado com a arma da vítima estava foragido até o momento em que esse texto foi escrito (em 1990).

Ver mais
Eventos que marcaram Sorocaba
167 registros

Elionai, que ficou com a bolsa e documentos de Caio, foi preso em flagrante, assim como Roberto e o menor R.C.S. de 16 anos, que apenas teria assistido o ocorrido, ficando com os Cr$ 400,00 da vítima.

Temas relacionados
Eventos que marcaram Sorocaba
Assassinatos
Assassinatos “sorocabanos”
Escolas em Sorocaba
Galerias de imagens
Parque Campolim
43 imagens
Escolas em Sorocaba
240 imagens
Bairro de Brigadeiro Tobias
8 imagens

testeselect * from materias where id = 78
1 de Janeiro de 1980
Chacará dos Padres
18 de Dezembro de 2020
Onde Foram Parar os TRENS do Brasil? Por Que o Brasil não tem Trens?
1 de Janeiro de 2021
Esclarecimentos sobre a Casa dos Padres
1 de Janeiro de 1900
A ESTRADA DOS PROTESTANTES E OS PRIMEIROS PRESBITERIANOS EM VOTORANTIM
1 de Janeiro de 1900
Praça 9 de Julho, Largo de Pito Aceso e outras histórias
18 de Fevereiro de 1981
Sobre o rompimento do "tancão" da vila Barão/Nova Esperança
10 de Fevereiro de 2021
O mistério da Casa dos Padres, que assombrou gerações em Sorocaba e Votorantim
12 de Agosto de 2017
Documentário mostra "descoberta" de um marco oculto de Sorocaba


Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine