Um pouco de Balthazar Fernandes
Autor: Nilza Alencar
Domingo, 2 de Fevereiro de 2020
Última atualização: 18/12/2020 00:17:28



Quando Balthazar Fernandes se estabeleceu em Sorocaba, em 1654, quando já tinha 74 anos. Faleceu em 1667, com 87 anos de idade, deixando para o Mosteiro São Bento terras que iam desde o Rio Sorocaba até as divisas com Curitiba.


Casarão construído por Baltasar Fernandes (1947)
Acervo/Fonte: Antônio Carlos Sartorelli / Lembranças Sorocabanas
Atual Jardim Sandra

Juntamente com as terras e a igreja, foram doados 12 vacas, um touro, 12 índios para trabalhar na terra, uma índia para cozinhar para os padres e mais um índio para trabalhar na sacristia.

62 anos depois, em 1729, o rei Dom João V, "O Magnânimo", anulou as doações de terras feitas á ordens religiosas, pois os titulos das terras eram as cartas de semarias e nestas era estipulada a condição de não irem "parar em mãos de religiosos".

João V, O Magnânimo
22 de Outubro de 1689
31 de Julho de 1750

Portugues, Rei de Portugal

Baltazar Fernandes é bisneto do líder indigena Tibiriça, que faleceu dia 25 de dezembro de 1562, 18 anos antes do seu nascimento. Filho de Manuel Fernandes Ramos, português e Suzana Dias, paulistana bisneta de Tibiriçá. Teria nascido no Ibirapuera.


Escultura em bronze de Susana Dias (2006)
Acervo/Fonte: Múrilo Sá Toledo
Monumento aos Bandeirantes. A Mãe de Balthazar Fernandes

Ele nasceu em 1580, ano em que sua mãe, Susana Dias, fundou uma fazenda à beira do Rio Tietê, a oeste da cidade de São Paulo, próximo à cachoeira denominada pelos indígenas de "Parnaíba": hoje, é a cidade de Santana de Parnaíba.

Seu irmão Domingos Fernandes, fundou a cidade de Itu em 2 de fevereiro de 1610. Três anos depois, em 1613, Baltazar então com 33 anos, rumou com seu outro irmão, André Fernandes, ao sertão de Paraupava, em Goiás.

Suzana Dias, mãe de Baltazar Fernandes esteve em São Paulo no dia 5 de abril de 1622, testemunhando no processo de beatificação do padre José de Anchieta.

José de Anchieta
19 de Março de 1534
09 de Junho de 1597

Líder religioso

Quando da destruição do Guairá, nos anos de 1629 e de 1630, os paulistas parnaibanos, chefiados por André Fernandes, certamente passaram pela localização da futura Sorocaba na ida e na volta, fazendo a rota da atual estrada de ferro que chega até Itararé, travando então Baltazar - certamente - conhecimento com esta região, que posteriormente constituir-se-ia na sesmaria que lhe seria doada pela família.

Ver mais
Bandeirantes
164 registros

Os três Fernandes, André, Baltazar e Domingos estavam reunidos em Santana do Parnaíba junto ao leito de morte da mãe Suzana Dias no dia 8 de dezembro de 1634. Ele tinha então 54 anos de idade.

Em 1636, aos 56 anos de idade, Baltazar Fernandes deixa o Uruguai com cerca de 400 escravizados.

Em 1637, Baltazar e o irmão André sofreram uma derrota no seu ataque às Missões do Uruguai.

Em 1639 uma decisão do Papa Urbano VIII sobre a liberdade dos índios força paulistas à voltarem do sul, após tentarem a expulsão dos jesuítas de São Paulo e Santos e no dia 9 de janeiro os bandeirantes paulistas travam combate com espanhóis e guaranis.

Maffeo Barberini
Papa Urbano VIII
5 de Abril de 1568
29 de Julho de 1644

Papa

No dia 18 de Abril Baltasar mata com um tiro no rosto ema das maiores autoridades da Igreja nas Américas, o comissário da Inquisição e reitor do Colégio de Assunção, Diogo de Alfaro.

No dia 13 de maio de 1640, um domingo em Santos, Baltazar Fernandes participa da Reunião contra a Companhia de Jesus.

No ano seguinte, em 1641, com 61 anos da idade, dá como dote de casamento à filha Suzana, as terras do Taquarivaí. Dois anos depois, em 1643, teve um engenho de ferro "seqüestrado" em Parnaíba.


Balthazar Fernandes (1640)
Acervo/Fonte: Goulart
Fundador de Sorocaba

Em 1646, então com 66 anos de idade, Baltazar obteve a sesmaria de Sorocaba por doação ou compra, e tal documento com razão se conservava entre os herdeiros.

Em 1648 Baltazar Fernandes já teria aberto seus primeiros currais de gado. Em novembro deste ano, Antônio Raposo ordenou decisivo ataque a destruição das reduções do Itatim, combatendo 200 paulistas e mil índios mansos. Baltasar estava presente.

Antônio Raposo Tavares

Bandeirante, Portugues

Baltasar Fernandes foi um dos Procuradores que assinou a “Volta dos Padres”, no dia 14 de Maio de 1653, em Santana do Parnaíba.

Então com 74 anos de idade, em 1654, Baltazar Fernandes chegou em Sorocaba com a família e cerca de 380 escravizados. A palavra “Sorocaba” é citada pela primeira vez no testamento de Isabel de Proença, segunda esposa de Baltazar Fernandes, registrado em 28 de novembro deste ano.

Em 21 de abril de 1660, Baltazar Fernandes garantiu a fundação doando aos Monges de São Bento, de sua Parnaíba, a capela de Nossa Senhora da Ponte e outros bens.

Já tendo construído a Igreja de Nossa Senhora da Ponte, atual Igreja de Sant’Ana, do Mosteiro de São Bento e sua casa de moradia, no Lajeado, Baltazar Fernandes garantiu a fundação do novo povoado, doando aos Monges de São Bento, de Parnaíba, muitas glebas de terra, a capela de Nossa Senhora da Ponte e outros bens, com a condição de que construíssem o convento e mantivessem escola para quem desejasse dedicar-se aos estudos.

Isso atraiu para a nova paragem muitos moradores espalhados pela região, auxiliando o povoamento e motivando a vinda de novos habitantes para a localidade. O povoado recebeu o nome de Sorocaba, denominação que tem sua origem no Tupi-guarani, que significa terra (aba) rasgada (çoro)

Em 2 de março 1661 Baltasar Fernandes solicita ao presidente da província, Salvador Correia de Sá e Benevides, que Sorocaba seja elevada a categoria de "Vila". No dia seguinte o povoado ao redor da capela de Sorocaba foi elevado à categoria de vila, e Baltazar foi nomeado seu primeiro juiz ordinário.

Salvador Correia de Sá e Benevides
31 de Julho de 1750
01 de Janeiro de 1688

Governador do Rio de Janeiro

Ao falecer em 1667, Baltazar com 87 anos, deixou ao Mosteiro São Bento terras que iam até Curitiba, 12 vacas, 1 touro e 14 índios para trabalhar na terra e na cozinha. No mesmo ano cartas de Manoel Fernandes de Abreu acusam a Câmara de vender as terras doadas por Baltazar ao mosteiro.

Galeria de imagens
Escravizados em Sorocaba
39 imagens

Até as “esmolas” deixadas pelo fundador de Sorocaba foram disputadas na Câmara até que em 1709 o Ouvidor da comarca concede a retomada das terras ao Mosteiro.

Em 1715 o Presidente do Mosteiro se queixa e obtêm pela segunda vez a retomada do domínio. Em 1728 os Frades reclamam à câmara pelas terras e os marcos divisórios são estabelecidos.

Galeria de imagens
Mosteiro de São Bento
67 imagens

Em 24 de janeiro de 1729, por meio de Carta Régia, o rei Dom João, declarava nula as doações de terras feitas á ordens religiosas porque os títulos das terras eram as cartas de semarias e nesta era estipulada a condição de não irem parar em mãos de religiosos.


Rua São Bento (1970)
Acervo/Fonte: Antônio Carlos Sartorelli
Estátua de Balthazar Fernandes

Em 13 de agosto de 1774, José de Almeida Leme solicita ao Governador da Província, o 4.º Morgado de Mateus, a expulsão de invasores das terras do Mosteiro São Bento, doadas por Baltasar Fernandes.


Mosteiro São Bento (1667)
Acervo/Fonte: Sorocaba Cidade Interativa
Túmulo de Balthazar Fernandes no piso da Igreja de Sant’Ana, em frente ao altar

Segundo o historiador Adolfo Frioli, Batazar deve estar sepultado na "capela velha" (já demolida) atrás da atual Igreja de Santa Ana, do Mosteiro de São Bento, de Sorocaba.

Temas relacionados
Bandeirantes
Balthazar Fernandes
1580 - 1667
João V, O Magnânimo
1689 - 1750
Salvador Correia de Sá e Benevides
1594 - 1688
José de Anchieta
1534 - 1597
Jesuítas
Antônio Raposo Tavares
1598 - 1659
Maffeo Barberini
Papa Urbano VIII
1568 - 1644
Galerias de imagens
Mosteiro de São Bento
69 imagens
Balthazar Fernandes
32 imagens
Jardim Sandra
35 imagens
Escravizados em Sorocaba
41 imagens
Escravizados no Brasil
64 imagens

Sorocaba/SP em 2020
Santana de Parnaíba/SP em 2020
Itu/SP em 2020
Santos/SP em 2020
Retrospectiva 2020
imagens
Bandeirantes
16
181
32
28
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Sorocabanos Históricos
73
1092
80
83
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Portugueses
20
343
44
40
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Reis de Portugal
7
123
15
24
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Governadores do Rio de Janeiro
4
48
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Líderes religiosos
9
116
29
20
BiografiasRegistrosCidadesTemas

Papas
17
78
13
12
BiografiasRegistrosCidadesTemas


testeselect * from materias where id = 84
1 de Janeiro de 2002
Os soldados brasileiros de Hitler: centenas lutaram ao lado dos nazistas
4 de Abril de 1977
A estranha cronologia do caso "Celso Daniel"
1 de Dezembro de 2020
Cinco maiores roubos da história do Brasil e do mundo
7 de Maio de 1915
Frederick Stark: Engenheiro, especialista em represas e bondes foi morto num ataque alemão
5 de Maio de 1852
"Amante não tem lar; Amante nunca vai casar"
1 de Janeiro de 1980
Chacará dos Padres
18 de Dezembro de 2020
Onde Foram Parar os TRENS do Brasil? Por Que o Brasil não tem Trens?
1 de Janeiro de 2021
Esclarecimentos sobre a Casa dos Padres
1 de Janeiro de 1900
A ESTRADA DOS PROTESTANTES E OS PRIMEIROS PRESBITERIANOS EM VOTORANTIM
1 de Janeiro de 1900
Praça 9 de Julho, Largo de Pito Aceso e outras histórias


Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine