Wildcard SSL Certificates
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
Registros (117)



Morre o motorneiro do último bonde da cidade
24 de janeiro de 201504/04/2024 06:11:35

Hidylio Ferreira Duarte foi o motorneiro responsável pelo recolhimento do último bonde em circulação nas ruas de Sorocaba. O carro aberto número 52 foi guardado em 28 de fevereiro de 1959, às 23h50, na garagem da Prefeitura situada na rua Pedro Jacob, Vila Senger - nas proximidades do início da avenida São Paulo. Ontem, esse importante personagem da história sorocabana faleceu aos 86 anos e o seu corpo será sepultado hoje, às 9h, no cemitério da Consolação.Duarte contava com detalhes a última viagem feita no bonde. Quando o carro chegou no interior da garagem, o motorneiro presenciou outros pilotos emocionados e chorando após as últimas viagens. Esse meio de locomoção deixou de existir na cidade para a instalação do serviço de ônibus.Naquela época, Duarte era funcionário da Prefeitura. Os bondes, administrados pelo governo municipal, circulavam entre as regiões do Além-Ponte e do Cerrado pelas ruas pouco movimentadas de Sorocaba.Curiosamente, o falecimento de Duarte ocorreu bem no ano do centenário do início da circulação dos bondes em Sorocaba. O primeiro carro circulou no município na manhã de 31 de dezembro de 1915. Era o primeiro meio de transporte coletivo dentro do território sorocabano. A iniciativa partiu de Giotto Pannunzio, avô do atual prefeito da cidade, Antonio Carlos Pannunzio.O corpo de Duarte é velado na Ossel da Vila Assis. Ele era casado com Isabel Elisa Bassi Duarte e deixou seis filhos: Orlando, Edson, Carlos, Sérgio, Maria e Carmen. (Da Redação)
Morre o motorneiro do último bonde da cidade


Procurar


Brasilbook.com.br
Desde 27/08/2017
28375 registros (15,54% da meta)
2243 personagens
1070 temas
640 cidades

Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Contato: (15) 99706.2000 Sorocaba/SP