Wildcard SSL Certificates
Ano:  
1555
32 registros
1553155415561557
'



Havendo os officiaes mandado chamar o povo, cada um deu sua voz de procurador do conselho
Quinta-feira, 3 de Novembro de 1555


Ás eleições municipaes se convocavam todosos moradores; reinava, como era natural, o suffragio universal em Santo André. É o que nos indica a acta de 3 de Novembro de • 1555, em que«havendo os officiaes mandado chamar o povo, cada um deu sua voz de procurador do conselho»,sahindo «por vozes na dita" Câmara» Álvaro Annes, «morador na dita villa».Convocado, compareceu immediatamente o eleito, sendo então empossado, depois de haver juradoaos «santos havangelhos».Na sessão de 3 de Novembro de 1555, erao espolio do ultimo procurador do Conselho, JoãoFernandes, carregado em cincoenta réis, de umamulta cobrada, cuja importância não se recolheraaos cofres públicos.Ao novo procurador, nesta mesma occasião, seconfiavam, sob termo rigoroso de depósito, a balança de pau, o par de taipaes e o peso de quatroarrateis, de que já falámos.Emprestava a Municipalidade dinheiro aos seusprincipaes municipes. Assim, nesta épocha, conseguira João Pires Gago, mediante a caução de umarcabuz e de um machado, um fornecimento demil e duzentos réis. Nessa mesma occasião passou-se pittoresco episódio. Havia necessidade de se fazer uma praçade bens de orphams. Como, porém, poderia realizar-se si não havia quem a apregoasse? Decidiu a Câmara que se nomeasse um porteiro «adhoc», «para servir na dita praça», resolvendo-se,ao mesmo tempo, que o funccionario requerido fossedesignado por meio de eleição popular.Realizado o escrutínio, verificou-se que JoãoGallego obtivera «onze vozes», sendo o seu nomeo mais votado. Empossado do" cargo, apregoou oedital da praça e demittiu-se, consignando-se emacta que fora nomeado «para vender esta fazenda,por ser grande a necessidade, e, acabada de vendera fazenda do dito orpham, o haviam por desobrigado, para que mais não servisse».Mostrava-se a Câmara de Santo André solicitaquanto aos negócios de sua contabilidade e almoxarifado. Pedia o escrivão da Câmara, Gaspar Nogueira,uma regularização de situação: «que lhe fizessemconta do que lhe deviam de papeis que elle tinhaescritos». Verificou-se, então, que a Câmara deviaao nosso digno proto-burocrata mil cento e sessentaréis, dos quaes já recebera oitocentos.

Fazendas

Cidades relacionadas
Santo André/SP
São Paulo/SP

Fonte: "As era das bandeiras" Afonso de Taunay p.24
em 1555Retrospectiva 1555

Porto Seguro/BA

Rio de Janeiro/RJ

Santo Amaro/SP

Santo André/SP

Santos/SP

São Francisco do Sul/SC

São Paulo/SP

São Vicente/SP

Sorocaba/SP

Últimas materias
07/08/2022
De São Paulo a Sorocaba
03/08/2022
Caminho até Ipanema
03/08/2022
Aniversário de "Sorocava"
31/07/2022
Etepararange
31/07/2022
CANIBALISMO, NUDEZ E POLIGAMIA
30/07/2022
Corrigindo Luiz Castanho de Almeida: Parte III
30/07/2022
Corrigindo Luiz Castanho de Almeida: Parte II
29/07/2022
Análise da obra de Luiz Castanho de Almeida: Parte I
29/07/2022
Sorocaba: no limite de Tordesilhas
29/07/2022
Minas de "Surucava"





Biografias/temas
Imagens
História
Cidades



Hoje na história!


Hoje na História: 19 de Agosto
35 registros


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine