Wildcard SSL Certificates
Ano:  
1538
registros
1536153715391540
InícioHistóriaBiografiasCidadesMatérias
'



*Frade Bernardo
1538


Na atividade que, já a partir de 1538, e até 1546, ano em que morreu, desenvolvera na Ilha de Santa Catarina, no continente vizinho, no Guairá e até em Assunção, o Frade Bernardo de Armenta, comissáfio da Ordem de São Francisco, estariam, muito possivelmente, os acontecimentos históricos que podem ter servido para avivar a lenda.

A alta reputação ganha por ele entre os indígenas teria sido partilhada e talvez herdada, até certo ponto, por outro íranciscano que o acompanhou e lhe sobreviveu, Frei Alonso Lebron, o mesmo que Pascoal Fernandes iria aprisionar em 1548, levando para São Vicente 39 . A este podia corresponder, na história, o papel atribuído no mito indígena ao “companheiro” de Sumé.

Sabe-se que Frei Bernardo percorreu, pelo menos uma vez, em toda a sua extensão, o caminho chamado de São Tomé quando acompanhou, à frente de uma centena de índios, o Governador Gabeza de Vaca, e que o tinham em grande acata- mento aqueles índios. Posto que o não estimasse o “adelantado ” , autor de sérias acusações ao seu comportamento, entre outras a de que, junto com Frei Alonso Lebron, guardaria encerradas em sua casa mais de trinta índias dos doze aos vinte anos de idade 40 , a boa conta em que era geralmente havido entre catecúmenos e gentios Carijó espelha-se no nome que todos lhe atribuíam de Pay Zumé, como a identificá-lo com figura mítica. Consta que, ao chegar a Santa Catarina, onde aceita a oferta do feitor real Pedro Dorantes, que se propõe ir descobrir o caminho “por donde garcia entró”, Cabeza de Vaca conseguiria realizar mais facilmente o intento de penetrar por terra até o Paraguai pelo fato de o julgarem os índios filho do comissário da Ordem de São Francisco, ou seja, de Bernardo de Armenta, “a quien ellos dizen Payçumé y tienen en mucha veneración”, segundo se expressaria em carta o próprio Dorantes 43 . No que dirão mais tarde os guaiarenhos aos missionários jesuítas, não parece muito fácil separar o que pertenceria ao franciscano, predecessor daqueles na obra de catequese, dos atributos do personagem mitológico celebrado pelos seus avós e a eles comunicado de geração em geração. Mesmo no nome dado ao caminho que, da costa do Brasil, procurava as partes centrais do continente, não se prenderia, de alguma forma, a lendária tradição a uma verdade histórica ou, mais precisa- mente, ao fato de o ter trilhado Frei Bernardo, que na imagina- ção dos índios da terra deveria ser figura mais considerável do que o adelantado ? O certo, por este ou outro motivo, é que o mítico Sumé assume então no Paraguai, em particular no Guairá, que se achava para todos os efeitos dentro do Paraguai, proporções que desco- nhecera na América Lusitana, de precursor declarado e verdadei- ro profeta da catequese jesuítica. Que dizer então do Pay Tumé peruano, em quem se acrisolam suas virtudes taumatúrgicas, dando ensejo à formação de toda uma brilhante hagiografia capaz de emparelhar-se com a do apóstolo cristão nas supostas andan- ças através do extremo oriente?

Alvaro Nuñez Cabeza de Vaca

Fonte: "Visão Do Paraíso Sérgio Buarque De Hollanda"
em 1538Retrospectiva 1538

Angatuba/SP

Cananéia/SP

Florianópolis/SC

Iguape/SP

São Paulo/SP

Sorocaba/SP

Últimas materias
06/07/2022
O Rio Brízida
03/07/2022
Yby Soroc: Sorocaba em 1530
29/06/2022
Quem, quando e onde? A fundação de Sorocaba
29/06/2022
O Conde de Sorocaba
27/06/2022
Quando a capela do Itavuvu foi construída?
27/06/2022
Silvestre de tal, com 145 anos de idade, deixando uma descendência de 12 filhos,..
27/06/2022
Gertrudes Maria da Conceição
26/06/2022
As primeiras moedas do Brasil
23/06/2022
Um problema não resolvido
20/06/2022
Carijós sorocabanos...





Biografias/temas
Imagens
História
Cidades




BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine