Wildcard SSL Certificates
Ano:  
InícioHistóriaBiografiasCidadesTemas
'



Grande incêndio ocorrido nos depósitos de algodão da fábrica de tecidos Votorantim
Domingo, 25 de Fevereiro de 1917


Sobre o grande incêndio noticiou o jornal Cruzeiro do Sul em 26 de fevereiro de 1917: Arde um deposito de algodão da Fabrica de Tecidos de Votorantim. Os prejuizos aproximam-se de mil contos de reis.

O incendio começou as 18 h 45 min só foi contido de madrugada quando o corpo de bombeiros chegou. A fabrica de tecidos Votorantim pertence ao Banco União de São Paulo é um dos estabelecimentos industriaes de maior importância do Estado. Possue cerca de 1200 teares e neles trabalham calculadamente 3 mil operarios.

No deposito existiam 3200 fardos de algodão, muitas barricas de soda caustica e potassa, grande quantidade de farinha de trigo; enumeras botijas de ácido para preparação de tinta etc.O fogo tomou proporções assustadoras. A população de Votorantim, composta em quasi sua totalidade de operarios affluiu ao logar o incêndio rapidamentetentando dominar as chamas, luctando com grande dificuldade por falta de numero suficiente de mangueiras eaparelhos extinctores de incendio no deposito.Do inquerito aberto ficou constatado que o incendio não foi proposital, sendo o mesmo atribuido a alguma fagulhadesprendida por uma locomotiva fagulha esta que penetrou por abertura situada na parte superior do barracão.Os prejuizos subiram a quase 1000 contos de réis, estando o deposito de algodão da referida fábrica de tecidosseguro em 240 contos de réis.

Fábricas e Industrias de Sorocaba

Antônio Pereira Inácio

Incêndios

“Sorocabanos” históricos

Cidades relacionadas
Votorantim/SP
Sorocaba/SP

Fonte: Cruzeiro do Sul, 26 fev. 1917, p. 04
em Retrospectiva


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine