SANTAS, CRUZES, BOIS E OURO





Atualização: 23/11/2021 16:14:54


A história de Sorocaba está ligada as "Três Cruzes". Ainda hoje monumentos homenageiam a importância delas na fundação da cidade.

Mogi e Santana de Parnaíba derivam da mesma vila chamada "Santa Ana das Três Cruzes". Um documento da Câmara da então Vila de São José do Paraitinga (atual Salesópolis), datado de 1866, que tratava da descrição da Vila, estranha a atual localização geográfica da cidade em relação a Ibiúna.

A COMPLICADA E VERDADEIRA HISTÓRIA



Para entender devemos recorrer aos registros de um período em que povoações, vilas, denominações e fronteiras não existiam no sertão paulista. Os primeiras mapas não haviam sido produzidos. [1]


Em 15 de maio de 1561 o português Manuel Fernandes Ramos, pai dos fundadores de cidades como Sorocaba, Santana de Parnaíba e Mogi das Cruzes, parte numa expedição em busca de ouro. É durante essa expedição que o local escolhido para se estabelecerem e a ermida que viria ter a invocação de Santa Ana é construída. [2]


Dia 25 de abril de 1562 Brás Cubas, outro profundamente ligado a genealogia dos povoadores de Sorocaba, avô da esposa do "fundador" de Sorocaba, e o "primeiro" proprietário das terras, escreve ao rei de Portugal anunciando a descoberta de ouro e metais preciosos no morro em Araçoiaba (Sorocaba). [3]
Dia 18 de maio de 1566 ele demarcou essas terras, que viriam se estender aos campos de Curitiba, com três cruzes em pedras. [4]

Os Cubas eram criadores de gado e este era da raça chamada "Gy", do mesmo modo que João Ramalho era apelidado "João Vaqueiro", por causa do gado que criava.

Lê-se na Ata da Câmara da Vila de São Paulo que, em 1576, Brás Cubas, representado pelo irmão, Antônio Cubas, registrou a marca do seu gado que é um "C" ferro de marca atrás que é um "B" e tem a orelha fendida. [5]


O mapa "Speculum Orbis Terrarum", feito por Jan Van Deutecum 1578 confirma que a única capela existente abaixo do Trópico de Capricórnio esta sob a invocação de Santa Ana. [6]


Os eventos se precipitam em 1598, após muitas tentativas, enfim o governador D. Francisco chega ao morro demarcado por Bras Cubas, onde permanece seis meses, período em que mandou erguer no local um pelourinho, símbolo da Coroa Portuguesa.

O povoado de metalúrgicos foi elevado à condição de vila, com o nome de Nossa Senhora de Monte Serrat do Itapevuçu. O local ainda existe em Sorocaba, como "Bairro Itavuvu". [7]


Em 1603 um Regimento surgiu depois das notícias da morte do tal mineiro alemão que andava com Francisco de Souza e dos boatos de que se fundia ouro do tamanho da “cabeça de um cavalo”. [8]


O documento registrado em 1606 na câmara de São Paulo por Clemente Alvarez, genro do "primeiro homem branco" em Sorocaba, é claro quanto ao local das minas de ouro: "Morro de Araçoiaba (...) onde Bras Cubas demarcou cruzes em pedras que ainda estão por lá (...)" [9]


DANÇA DO PELOURINHO

Em 1611 começa o "silêncio de 40 anos" na história de Sorocaba. O governador, D. Francisco, devido as evidências de ouro na região, estava ainda mais poderoso, tinha a autorização para importar do Rio da Prata sementes de trigo, cevada e, curiosamente,até mesmo lhamas para o transporte do metal.

Supostamente na atual Santana de Parnaíba, dia 8 de abril a povoação de Santa Ana de Moji é elevado à categoria de Vila, assinado pelo governador D. Francisco de Sousa. [11]


Em 21 de abril o Governador muda o pelourinho que estava em Nossa Senhora de Monte Serrat do Itapevuçu para um local próximo, eleva e denomina-a Vila de São Felipe. [12]


Dia 11 de junho D. Francisco misteriosamente morto e literalmente triste! Os documentos referentes a esse período registram muitas mortes relacionadas as tentativas de D. Francisco em encontrar o local, exato, onde estaria o ouro.

No tocante às filhas desta “família fundadora, em que Metkalf (1990,283-304) menciona que elas ficavam com a maior parte da riqueza como dote para os genros, Custódia Dias casou-se com Geraldo Beting, o mineralogista alemão de Geldres que vem a São Paulo na equipe solicitada por D. Francisco de Sousa. Mas foi assassinado pelos paulistas quando retornava de uma de suas pesquisas com muitos metais da região de Sabarabussu.” Seria ele que a "cabeça de cavalo dourada"? [13]


Dois meses depois, com D. Francisco já falecido, em 17 de agosto, a elevação à Vila ocorreu com o nome de Vila de Santa Ana de Mogi Mirim. [14]
Exatamente no mesmo dia é criada a vila "Santa Ana das Três Cruzes" [15]

Além disso, é neste dia que começa o "silêncio na história de Sorocaba" ao mesmo tempo que a outra margem visível do rio Sorocaba começa a ser povoada. [16]


Dois dias depois, segundo a Ata da câmara da vila de São Paulo, foi confirmado a denominação "Santa Ana das Cruzes". Essa vila, e todas as outras citadas de "juntariam" em Santana de Parnaíba antes de se "dividirem" novamente. [17]


As vilas de Montserrat e São Felipe desaparecem dos registros dia 1 de setembro de 1611. Porém, mapas como o de Antonio Zatta de 1785 ilustram Nossa Senhora de Monserrate, Buturune e São Felipe, está assinalada esta com ícone de "capital". [18]


Mapa do Brasil (01/01/1785)


BIOGRAFIAS E TEMAS RELACIONADOS


Diamantes, ouro e prata
Santa Ana das Cruzes
Nossa Senhora de Montserrate
Francisco de Sousa
Serra de Araçoiaba/Biraçoyaba
Capelas/Ermidas
Bandeirantes
Brás Cubas
Gaspar Vaz Guedes
Capela de Santa Ana
Cahativa
Santa Ana
Vila Nossa Senhora do Rosário
Bairro Itavuvu
Geraldo Beting
Fábrica de Ferro de Ipanema
Vuturuna
Santo Antônio
Suzana Dias
Manuel Fernandes Ramos
Rio Anhemby / Tietê
Sabarabuçu
Geógrafos e geografia
Bituruna
Fazendas
Orville Derby
Nossa Senhora do Rosário
Rio Sorocaba
Domingos Luís Grou
Ferreiros/Metais
Mestre Bartolomeu Gonçalves
Mem de Sá
Cruzes...
Cornélio de Arzão
Rio Paranapanema
Bairro de Aparecidinha / Aputerebi
Caminho de Curitiba
Baltazar Carrasco dos Reis
Luís Carneiro de Sousa, 1o conde da Ilha do Príncipe
Primeira Matriz
Wilhelm Jostten Glimmer
Martim Rodrigues Tenório de Aguilar
Minas de Paranaguá
Serra dos Guaramumis ou Marumiminis
Afonso Sardinha, o Velho
Clemente Álvares
União Ibérica
Belchior Dias Carneiro
Jesuítas
Alemães
Salvador Correia de Sá e Benevides
Padre Manoel de Faria Dória
Ururay
Castelhano/Espanhóis


Fontes/Referências:

[1] 01/01/1560
*A igreja foi originalmente erguida como uma capela, de estrutura de pau-a-pique e folhagens. Foi a primeira construção religiosa da cidade e foi dedicada a Santo Antônio
IBGE Igreja Matriz: Santana de...
[2] 15/05/1561
*Expedição de Mem de Sá / O português Manuel Fernandes Ramos, primeiro marido de Suzana Dias construiu a capela de Santo Antônio
santanadeparnaiba.sp.gov.br/ci...
[3] 25/04/1562
Brás Cubas escreve ao rei de Portugal anunciando a descoberta de ouro e metais preciosos perto de São Paulo, “30 léguas de Santos”, em Bacaetava, Birácoyaba e Ivuturuna (São Roque)
"Bandeiras e Bandeirantes de S...
[4] 18/05/1566
"(..) o qual marco é uma pedra grande que está deitada desde seu nascimento, na qual foi feita por João Vieira uma cruz (..); outra pedra talada que assim talou o mesmo João Viera e fez outra cruz em cima; (...) ao pé de uma árvore grande (...) e foi feito pelo dito João Vieia como marco uma cruz; (...) sobre uma grande pedra que ali estava deitada, uma cruz foi feita pelo dito João Vieira e saindo do mato em uma rossa do Mestre Bartholomeu está uma pedra grande com umas pancadas de machado, foi feito uma cruz pela mãos do Sr Capitão Brás Cubas (...)"
Boigy "Cadernos da Divisão do ...
[5] 27/05/1576
Determinou a Câmara o registro dos primeiros sinais, marcas ou ferros de gado
"História das missões orientai...
[6] 01/01/1578
*Mapa de Jan Van Deutecum para "Speculum Orbis Terrarum"
[7] 01/01/1598
*Após um Mameluco informar Dom Francisco de Souza que visita os "Montes de Sabaroason", enfim ele visitou o local / Nossa Senhora de Monte Serrat do Itapevuçu
Bandeiras e Bandeirantes p.38 ...
[8] 01/01/1603
*Regimento surgiu depois das notícias da morte do tal mineiro alemão que andava com Francisco de Souza e dos boatos de que se fundia ouro do tamanho da “cabeça de um cavalo”
"SP na órbita do Império dos F...
[9] 01/01/1606
*Quatorze locais com ouro: Nossa Senhora do Monserrate, Berusucaba ou Ibiraçoiaba, Montes de Sabaroason
"Bandeiras e Bandeirantes de S...
[10] 01/01/1610
*Ergueu-se uma terceira capela. Porém, só em 1625 que a igreja virou matriz, que ficou conhecida como Paróquia de Sant´Ana. O edifício atual é datado de 1882.
"IBGE | Biblioteca | Detalhes ...
[11] 08/04/1611
Elevação da povoação de Santa Ana de Moji à categoria de Vila, assinado pelo governador
projetocompartilhar.org/Famili...
[12] 21/04/1611
D. Francisco elevou o novo local com o nome de vila de São Filipe
"A idéia da cidade" Frioli, 19...
[13] 11/06/1611
D. Francisco morre de "tristeza" com a promessa do título de Marques de Minas; genro de Suzanna
Metkalf (1990, 283-304) - Memó...
[14] 17/08/1611
Elevação à Vila de Santa Ana de Mogi Morim
https://mogiemfoco.com/about/ ...
[15] 01/09/1611
Criada a vila "Santa Ana das Três Cruzes"
"Boigy - Cadernos da Divisão d...
[16] 01/09/1611
Começa o silêncio: Moradores da Vila de Nossa Senhora de Monte Serrat sem mudam para o Itavuvu e fundam a vila de São Felipe e "Aparecidinha" começa a ser povoada
Memória Histórica de Sorocaba ...
[17] 03/09/1611
Ata da confirma a denominação "Santa Ana das Cruzes"
"De Cruzes de Mogi a Mogi das ...
[18] 01/01/1785
*Mapa de Antonio Zatta: Nossa Senhora de Monserrate; Buturune e São Felipe assinalada esta com ícone de "capital"
Antonio Zatta
[19] 09/03/1839
Manoel de Faria Doria, sendo a primeira pedra triangular do alicerse da Igreja Matriz assentada
"Estrada do Padre Dória (1832-...





Novas imagensExibir por anoGalerias de imagensArtigos MatériasTemas
Hoje na HistóriaProcurar no siteCidadesReceber atualizaçõesBiografias por categoria
Página no FacebookAutores Biografias<


BRASILBOOK - http://www.brasilbook.com.br
Agradecemos as duvidas, criticas e sugestoes
Compilado por Adriano Cesar Koboyama
Colaboradores:
Simone Garcia
João Libero
Amora G. Mendes, Matheus Carmine